quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Do dia de ontem [18 de Janeiro]

Ontem [finalmente] comprei o mealheiro para o desafio de poupança durante 52 semanas.
Enquanto não comprasse ia arranjar desculpas atrás de desculpas para não "amealhar" e quando desse por mim já tinham passado semanas e poupança zero, e depois vinha a desculpa que era dinheiro a mais para guardar de uma vez só.
Essa desculpa já foi descartada!




Agora é encontrar o esquema perfeito para mim...

O desafio original consiste em poupar dinheiro todas as semanas num total de 1.378 euros. Há 52 semanas num ano e por cada semana poupa-se o correspondente a essa semana em euros. Assim sendo, na 1.ª semana poupa-se 1 euro, na 2.ª semana 2 euros, e assim sucessivamente até à 52.ª semana.
Vantagem: Poupar 1.378 euros num ano.
Desvantagem: o esforço inicial é pouco (tudo somado são 10 euros no primeiro mês) e o esforço final é muito elevado, principalmente por ser altura de Natal e fim de ano (tudo somado 202 euros no último mês).



Depois há quem tenha alterado o desafio e comece a poupança ao contrário, ou seja, na 1.ª semana poupa 52 euros, na 2.ª semana 51 euros e sucessivamente até à ultima semana em que poupa 1 euro.
Vantagem: Poupar os 1.378 euros num ano e começar por poupar o maior montante numa altura em que ainda se está bastante motivado para o efeito e o esforço vai diminuindo.
Desvantagem: Continua a ter que se despender de uma vez só num mês de 202 euros.


Depois também há a versão ajustada e reduzida para metade, para quem queira fazer um pé-de-meia, mas não consiga um esforço mensal tão elevado, e com uma poupança total de 689 euros.


Eu vou tentar fazer a poupança total, mas vou fazer um mix entre os valores, conforme me der jeito e de forma a ser mais equilibrado todos os meses (e tentar não deixar os maiores valores para o fim).
Por exemplo, já poupei os 52 euros + 13 euros = 65 euros.

E este post ficou maior do que eu imaginava...