quinta-feira, 23 de março de 2017

quarta-feira, 22 de março de 2017

Do dia de ontem [21 de Março]

Dia em que comecei a ler o livro "A conspiração da aranha" do James Patterson.

E... estou a ADORAR.
É muito bom.

E ver o filme antes do livro para mim é sempre positivo. Além de que regra geral os livros são muito melhores [e por isso não desiludida] também associo uma cara à personagem. E imaginar o Morgan Freeman que eu adoro como Alex Cross é demais!

Só ontem enquanto esperei pela amorinha no treino li quase 50 páginas :) este vai ser rápido

Blá blá blá


terça-feira, 21 de março de 2017

Do dia de ontem [20 de Março]

Ontem fui buscar a mikinhas directamente à escola.
Hoje foi exame de estudo do meio e preferi que fosse para casa fazer fichas seleccionadas por mim, e que depois relaxar, em vez de ir para o ATL.

Tempo para estudar, tempo para jantar, conversar, rir e ver um episódio de uma série nova e ainda tempo para miminhos e colinho bom!

[entre parênteses]

Aprendi na escola primária que a Primavera começava a 21 de Março.
Mas, pelos vistos não é assim.
Este ano foi ontem.
No entanto, a 21 de Março comemora-se o dia internacional da árvore e da floresta [penso eu que derivado ao início da estação primaveril...]

As minhas mini árvores, plantadas em vasos, e que estão na varanda estão assim, de boa saúde:


Livro: A Conspiração da Aranha - James Patterson

Eu bem que dizia, que depois de 4 livros policiais ia mudar um bocadinho... E até já tinha o livro escolhido... Mas depois deparei-me com este e foi mais forte do que eu.
Nunca li [pelo menos não me recordo] nada do James Patterson.
Vi o filme em tempos e sei que gostei [também ser protagonizado pelo Morgan Freeman não era dificil de não gostar].

Siga para mais uma leitura.


SINOPSE
Gary Soneji ocupa o cargo de professor de matemática num dos mais prestigiantes colé-gios de Washington, D.C., frequentado pelos filhos de políticos, da elite social metropolitana e por isso mesmo, altamente segura por agentes dos Serviços Secretos norte-americanos. Dotado de uma inteligência acima da média, o aparentemente pacato professor de matemática sempre soube que seria alguém. Merecedor da confiança de pais e alunos, Soneji achou que era chegada a hora de pôr em prática o seu maquiavélico plano, e surpreende tudo e todos quando rapta duas crianças, Maggie Rose, a encantadora filha de uma famosa actriz de cinema e de um senador norte americano, e o seu melhor amigo Shrimpie Goldberg, filho de um secretário do tesouro do senado norte-americano. A cerrada vigilância dos agentes dos Serviços Secretos revelou-se impotente face ao sucedido. Apenas uma pessoa não ficou minimamente surpreendida com o extraordinário feito: o raptor. Não era um iniciado nestas sombrias artes. Muito pelo contrário, já o tinha feito centenas de vezes. Soneji não pretende um simples resgate para os poderosos pais reaverem os seus filhos, ele pretende muito mais, um lugar que só os grandes alcançam: um marco na história, a sua vida contada em livro, pela mão de Alex Cross. Alex Cross é detective de polícia em Washington, D.C., psicólogo especialista em estabelecer perfis de criminosos e aclamado autor de bestsellers policiais. A sua fama precede-o, mas à medida que o tempo passa e que cada caso é resolvido, sente-se mais e mais cansado da desgastante tarefa de entrar na cabeça de cada criminoso que encontra no seu caminho.
Especialmente depois da morte do seu parceiro. Nunca se teria envolvido na resolução de um caso federal, não fosse uma prova evidente do rapto ter sido deixada propositadamente na sua caixa do correio. Soneji conseguiu o seu primeiro objectivo, tal como a aranha que meticulosamente caminha na sua teia à volta da presa que por ela foi atraída: Alex Cross, o grande escritor, estava agora formalmente a trabalhar no caso dos raptos. Juntamente com Jezzie Flannigan, responsável pelo corpo dos Serviços Secretos que deviam proteger e vigiar o colégio, vão formar uma equipa na tentativa de trazer o raptor à tribuna da justiça. Mas Soneji tem planos diferentes. Uma das crianças aparece finalmente... mas morta. Depois de superado o caos inicial do choque de não estarem a lidar com um vulgar raptor, Cross, finalmente entende o que Soneji pretende: ser conhecido como o maior criminoso na história que nunca foi apanhado, superando o caso do homicídio de Charles Lindbergh Jr. que nunca foi solucionado e que lhe serviu de inspiração. Agora é continuar com o plano: perpetuar o verdadeiro «crime do século» e fazer com que Cross o documente e publique. Será Gary Soneji vítima de um grave distúrbio psicológico ou um manipulador brilhante com soberbos dotes dramáticos? Um thriller psicológico complexo, esmagador e profundamente intrigante, inspirador de um medo genuíno que nos mantém suspensos sobre o abismo do assombro e do terror.

Blá blá blá


segunda-feira, 20 de março de 2017

79/365

Dia 20 de Março de 2017


Do fim de semana - Parte 2

Domingo foi dia do pai.
Dia de almoçar e jantar com o paizão que é o meu.


Do fim de semana - Parte 1

Fim de semana totalmente tranquilo.
Sábado até passei o dia todo enfiado em casa. E nas varandas...

O Mr. já plantou a amoreira e a framboeseira [diz-se assim???]. Vamos ver se temos amoras e framboesas Ah ah ah. Carradas delas...




Desafio: Destralhar [Dia 20]

Dia 20: CASA DE BANHO

Tarefa: Esvazie os armários e gavetas. Retire tudo o que seja:
  • frascos e embalagens vazias;
  • amostras de produtos que nunca usou;
  • escovas dos dentes velhas;
  • produtos com prazo de validade ultrapassado;
  • objectos que não pertençam a este espaço.


Blá blá blá


domingo, 19 de março de 2017

78/365

Dia 19 de Março de 2017


Jardinagem: A Figueira

[Quando comprei a figueira, vinha com folhas. Foi plantada num vaso e durante algum tempo manteve-se bonita e com folhas verdinhas, até que logo a seguir ao verão de 2016, as folhas cairam todas e ficou só um toco! Pensei que já tinha morrido, mas só que não!





Uma música por dia...

U2 - Mothers of the Disappeared


Midnight, our sons and daughters
Were cut down and taken from us.
Hear their heartbeat
We hear their heartbeat.

In the wind we hear their laughter
In the rain we see their tears.
Hear their heartbeat, we hear their heartbeat.

Night hangs like a prisoner
Stretched over black and blue.
Hear their heartbeats
We hear their heartbeats.

In the trees our sons stand naked
Through the walls our daughter cry
See their tears in the rainfall.

Desafio: Destralhar [Dia 19]

Dia 19: DESCANSO

Tarefa: Hoje é dia de folga


Blá blá blá