sábado, 11 de março de 2017

Uma música por dia...

U2 - With or Without You


See the stone set in your eyes
See the thorn twist in your side
I'll wait for you

Slight of hand and twist of fate
On a bed of nails she makes me wait
And I wait without you

With or without you
With or without you

Through the storm, we reach the shore
You gave it all but I want more
And I'm waiting for you

With or without you
With or without you
I can't live with or without you

And you give yourself away
And you give yourself away
And you give, and you give
And you give yourself away

My hands are tied, my body bruised
She got me with nothing to win
And nothing left to lose

And you give yourself away
And you give yourself away
And you give, and you give
And you give yourself away

With or without you
With or without you
I can't live
With or without you

With or without you
With or without you
I can't live
With or without you
With or without you

Desafio: Destralhar [Dia 11]

Dia 11 - ÁLBUNS E FOTOS

Tarefa: Juntar as fotos "perdidas" em gavetas, envelopes, caixas, álbuns e eliminar fotos quase iguais, desfocadas, que já não tenham significado ou de pessoas e locais desconhecidos.


70/365

Dia 11 de Março de 2017


Blá blá blá


sexta-feira, 10 de março de 2017

Do dia de ontem [9 de Março]

Como já referi, dia de voley é dia de ler. Ler muito. Ler enquanto espero que a Amorinha saia da escola, e ler enquanto ela está no treino...

Continuo no mesmo livro, o último do David Peace, a passos largos para o final e já a pensar no novo.

E entre capítulos tem frase de Voltaire.
Adorei esta.


Uma música por dia...

U2 - I Still Haven't Found What I Looking For


I have climbed highest mountains
I have run through fields
Only to be with you
Only to be with you

I have run, I have crawled
I have scaled the city walls
Said it was
Only to be with you

But I still haven’t found what I’m looking for
But I still haven’t found what I’m looking for

I have kissed honey lips
Felt the healing in her fingertips
It burned like fire
This burning desire

I have spoken with the tongue of angels
I have held end of the velvet
It was warm in the night
I was cold as a star

But I still haven’t found what I’m looking for
But I still haven’t found what I’m looking for

I believe in kingdom come
When all the colors were bleeding as one
Bleeding the one
Yes, I’m still running

He broke the bounds, he loose the chains
Carried the cross of my shame
Broke my shame
You know I believed it

But I still haven’t found what I’m looking for
But I still haven’t found what I’m looking for
But I still haven’t found what I’m looking for
But I still haven’t found what I’m looking for

Desafio: Destralhar [Dia 10]

Dia 10: CDs e DVDs

Tarefa: Depois de reunir os CDs e os DVDs faça as seguintes perguntas: vou ver este DVD novamente? Ouvir o CD que já está no telefone ou ni iPod? Ainda gosto desta banda...

Quando acabar a triagem, verifique se todos os CDs e DVDs estão nas respectivas caixas.


69/365

Dia 10 de Março de 2017


Blá blá blá


quinta-feira, 9 de março de 2017

Desafio: Destralhar [Dia 9]

Dia 9: LIVROS

Tarefa: Retirar todos os que já não quer ou que provavelmente não vai ler. Sem esquecer os de criança.
Separe os livros em 3 pilhas: para manter, vender ou doar.




[entre parênteses]

E este álbum faz hoje 30 anos...
Os maiores.
U2 - Joshua Tree











Do dia de ontem [8 de Março]

Ontem foi o dia internacional da mulher.

Ontem a Luciana fez anos.
e levou-nos duas tardes deliciosas.



Uma música por dia...

U2 - Where the Streets Have no Name


I want to run
I want to hide
I want to tear down the walls
That hold me inside
I want to reach out
And touch the flame
Where the streets have no name

I want to feel, sunlight on my face
See that dust cloud disappear without a trace
I want to take shelter from the poison rain

Where the streets have no name
Where the streets have no name
Where the streets have no name

We're still building
Then burning down love, burning down love
And when I go there
I go there with you
(It's all I can do)

The cities a flood
And our love turns to rust
We're beaten and blown by the wind
Trampled in dust

I'll show you a place
High on the desert plain

Where the streets have no name
Where the streets have no name
Where the streets have no name

Still building
Then burning down love
Burning down love

And when I go there
I go there with you
(It's all I can do)

Oh, when I see love
See our love turns to rust
We're being blown by the wind
Blown by the wind

When I see love
See our love turns to rust
We're being blown by the wind
Blown by the wind.
And when I go there
I'll go there with you, 
It's all I can do.

68/365

Dia 9 de Março de 2017


Blá blá blá


quarta-feira, 8 de março de 2017

Desafio: Destralhar [Dia 8]

Dia 8: CONTAS E CONTAS

Tarefa: Pegue numa caixa vazia e passe por todas as divisões da casa à procura de qualquer tipo de papel. Veja também no carro e carteira.
Coloque todos os papéis que encontrar na caixa, mesmo aqueles que sabe que são para deitar fora.
Agora coloque o "monte" de papéis sobre uma mesa e ordene os papéis po assunto, fazendo as seguintes pilhas:

- Pagar - Resolver
- Arquivar
- Lixo

Por fim, guarde os papéis nos lugares definitivos! Quando terminar não deve ter quaisquer papéis perdidos pela casa.




Do dia de ontem [7 de Março]

Dia de exame de português - check

Dia de treino de voley - check

Mais um dia de filha feliz - check


Uma música por dia...

Marta Ren & The Groovelvets - 2 Kinds of Man


This one goes to all who's feeling
That your man is changing
He doesn't smile
He doesn't listen
He doesn't feel anymore
Well there's only 2 kinds of men
The one you love
The one you wish for
Try not to be deluded
By that sweet and dreamy beginning
He will fool you
He will screw you
Your kind of men
Is my kind of men
Will delude you

2 kind of men
All in one
2 kind of men
Lost and found
He's gonna tease
He's gonna fare
For crying out loud
This kind of love
Is killing me
This kind of men
Is losing me

Well all begun with a spoken night
Now he slowly takes your life
Complaining you got fat
Complaining has nothing to do with it
Saying that's just a pain in the but 
Has got nothing to do with that
Well you're not so slick and tough you now
Well you're not so fit anymore
But he's still my kind
My kind of men
It wasn't my
My kind of game
He doesn't understand
My loving ends
This confession
Oh oh oh

2 kind of men
All in one
2 kind of men
Right and wrong
He's gonna fare
He's saying
For crying out loud
This kind of love
Is killing me
This kind of men
Is losing me

[entre parênteses]

Dia Internacional da Mulher: A história de uma luta com mais de um século


Em 1975 as Nações Unidas instituíram o dia 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.

Antes de existir o dia já havia a luta. No final do século XIX as mulheres começaram a sair à rua para pedir mais direitos. Organizações femininas dentro dos movimentos operários protestavam contra as 15 horas de trabalho diárias e os salários baixos.

As origens do Dia Internacional da Mulher chegam a 1857. A 8 de Março um grupo de trabalhadoras da indústria têxtil organizou uma marcha em Nova Iorque para exigir melhores condições de trabalho, a jornada diária reduzida para 10 horas e direitos iguais para homens e mulheres. Cinquenta e um anos depois, a 8 de Março de 1908, um outro grupo de trabalhadoras em Nova Iorque escolheu a data para avançar para uma greve, homenageando as antecessoras. Queriam o fim do trabalho infantil e o direito de votar.


O primeiro dia consagrado às mulheres e aos seus direitos surgiu um ano depois, assinalando essa greve. Nos Estados Unidos, a 28 de Fevereiro de 1909, o Partido Socialista da América instituiu o Dia Nacional da Mulher. No ano seguinte, na Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em 1910, em Copenhaga, na Dinamarca, foi aprovada uma resolução que propunha seguir o exemplo norte-americano, dando-lhe um carácter universal. O Dia Internacional das Mulheres nasceu aí e as comemorações foram-se estendendo pela Europa.

Mas há uma outra data importante nesta história - 25 de Março de 1911. Nesse sábado, 146 mulheres morreram num incêndio na fábrica Triangle Shirtwaist, em Nova Iorque. A maioria das vítimas era imigrante. Os relatos desse dia contam que as mulheres estavam trancadas num nono andar. Muitas morreram queimadas, outras da queda, depois de se atirarem em desespero pelas janelas. O acidente chocou os norte-americanos e tornou-se emblemático da falta de condições de trabalho para as mulheres.







Os bombeiros chegaram pouco depois de soar o alarme e, apesar das dificuldades, conseguiram controlar o incêndio em pouco mais de meia hora. Nesses breves minutos 146 dos 500 trabalhadores tinham perdido a vida, na sua grande maioria jovens mulheres imigrantes, algumas com apenas 14 anos de idade.
Os dias que se seguiram permitiram compreender melhor como teria sido possível tal tragédia: havia apenas uma escada de incêndio, que para além de estreita era frágil e acabava vários metros acima do chão, e acabou por desabar com o peso das trabalhadoras que por ela tentavam fugir. Havia duas saídas nos pisos onde se encontrava a fábrica, uma delas foi rapidamente engolida pelo fogo, a outra estava trancada, segundo relatos dos sobreviventes, que garantiram que as portas eram trancadas durante o horário de expediente, para evitar pausas e porque os donos da fábrica temiam que os empregados roubassem materiais. Na altura existiam já sistemas de alarme de incêndio com aspersores, mas os donos da fábrica tinham recusado a sua instalação, por considerarem o custo elevado. Os bombeiros também encontraram dificuldades, as suas escadas só chegavam ao 6º piso, e as bocas-de-incêndio da altura não tinham pressão para a água chegar aos últimos andares do prédio.
Algumas das trabalhadoras faziam parte do sindicato feminino "International Ladies' Garment Workers", que exigia há alguns anos melhores condições de trabalho. A tragédia veio a dar-lhes razão, ao mostrar como as precauções com a segurança no trabalho eram inadequadas na altura.
A cidade horrorizou-se com a tragédia e com a facilidade com que a mesma poderia ter sido evitada, as vozes de protesto elevaram-se, unindo conservadores e progressistas, e foi exigida nova legislação, que protegesse os direitos dos trabalhadores.
Os donos da fábrica foram inicialmente condenados, mas mais tarde absolvidos, por não se conseguir provar se teriam conhecimento do facto de uma das saídas estar trancada. Acabaram por pagar 75 dólares por cada vida perdida.
A data acabou por ficar associada ao Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Março, por ter trazido de forma tão dramática a discussão sobre os direitos das mulheres trabalhadoras para a esfera pública.
(texto by TSF)

Dia 67/365

Dia 8 de Março de 2017


Blá blá blá


terça-feira, 7 de março de 2017

[entre parênteses]

A Celina fez granola.
E trouxe para nós experimentarmos.
É uma querida a Celina.

Eu e o meu iogurte grego adoraram.


Desafio: Destralhar [Dia 7]

Dia 7 : LÁPIS E CANETAS

Tarefa:  Reúna todas as canetas e lápis que estão "perdidos" pela casa. Teste cada uma para determinar quais ainda escrevem e quais não.
Afie os lápis.
Determine um número realista e prático de canetas e lápis que realmente precisa e ofereça o restante.


Do dia de ontem [6 de Março]

Já disse que não gosto de segundas feiras?
Pois não gosto mesmo.

Ontem fui buscar a minha mikinhas à escola para descansar e relaxar para o exame de português que é hoje.
E relaxamos :) as duas!

Uma música por dia...

Indiana - Solo Dancing


I go dancing by myself
I go dancing with no one else
Solo dancing push me as I go
I go dancing it's so intense
I will dance till the bitter end
No point in asking
'Cause I always dance alone!
Hypnotized by a lot emotion
Music stop and the spell is broken
I go dancing by myself
I go dancing with no one else
Solo dancing push me as I go, go
I go dancin' it's so intense
I will dance till the bitter end
No point in asking
'Cause I always dance alone!
Don't hold back
My dance devotion
It's the path that I have chosen
Hypnotized by a lot emotion
Music stop and the spell is broken
(Broken broken broken)
You, how I move, how I move, how I move
Uuuuu uuuh don't hold back
My dance devotion
How I move, how I move, how I move
I go dancing by myself
I go dancing no one else
Solo dancing push me as I go, go
I go dancin' it's so intense
I will dance till the bitter end
No point in asking
'Cause I always dance alone!
Don't hold back
My dance devotion
It's the path that I have chosen
Hypnotized by a lot emotion
Music stop and the spell is broken!


Dia 66/365

Dia 7 de Março de 2017


Blá blá blá


segunda-feira, 6 de março de 2017

Desafio: Destralhar [Dia 6]

Dia 6:  MESA DE TRABALHO / ESTUDO

Tarefa: Destralhe a mesa começando por deitar fora o que for lixo e removendo as coisas que não pertencem a esse local.


Uma música por dia...

Lykke Li - I Follow Rivers


Oh I beg you, can I follow?
Oh I ask you, why not always?
Be the ocean, where I unravel
Be my only, be the water where I'm wading
You're my river running high
Run deep, run wild
I, I follow, I follow you
Deep sea baby, I follow you
I, I follow, I follow you
Dark doom honey, I follow you
He a message, I'm the runner
He the rebel, I'm the daughter waiting for you
You're my river running high
Run deep, run wild
I, I follow, I follow you
Deep sea baby, I follow you
I, I follow, I follow you
Dark doom honey, I follow you
You're my river running high
Run deep, run wild
I, I follow, I follow you
Deep sea baby, I follow you
I, I follow, I follow you
Dark doom honey, I follow you
I, I follow, I follow you
Deep sea baby, I follow you
I, I follow, I follow you
Dark doom honey, I follow you

Do fim de semana

Fim de semana passado em casa. No quentinho!
E foi só isto, única e exclusivamente!
Sofá, cama, manta e séries, muitas séries!

65/365

Dia 6 de Março de 2017


Blá blá blá


domingo, 5 de março de 2017

Uma música por dia...

Macy Gray - Still


In my last years with him there were bruises 
On my face 
In my dawn and new day 
I finally got away 
But my head's all messed up and he knows 
Just what to say 
No more dawn and new days 
I'm goin back to stay 
Why say bye bye 
When it only makes me cry 
I still 
Light up like a candle burnin when he call me up 
I still 
Melt down like a candle burnin everytime we touch 
Oh say what you will 
He does me wrong and I should be gone 
I still 
Be lovin you baby and it's much too much 

We are goin down 
Cuz you're always getting high 
And your crumb and lovin 
No longer get me by 
Wow! It get better everytime that we get high 
Then your crumbs of lovin 
They somehow get me by 
Why say bye bye 
When it only makes me cry 
I still 
Light up like a candle burnin when he call me up 
I still 
Melt down like a candle burnin everytime we touch 
Oh say what you will 
He does me wrong and I should be gone 
I still 
Be lovin you baby and it's much too much 

Can't I go my severed way? 
Some rain for my sunny day 
Not even one reason to say 
Why? 
I should've left you 
Why? 
I can't forgetcha baby 
Why? 
Ever since I mathca it's 
Why?

64/365

Dia 5 de Março


Desafio: Destralhar [Dia 5]

Dia 5:  DESCANSO

Tarefa: O desafio de hoje é completar as tarefas que não tenha concluído e... descansar!

Gostei deste dia. [Apesar de ter aproveitado o fim de semana para por os quartos em dia]


Blá blá blá