sábado, 15 de outubro de 2016

Sabias que...


Uma música por dia...

Eu já disse alguma vez que os U2 são a minha banda preferida de todo o sempre???


U2 - All I Want is You


You say you want
Diamonds on a ring of gold
You say you want
Your story to remain untold
But all the promises we make
From the cradle to the grave
When all I want is you
You say you'll give me
A highway with no one on it
Treasure just to look upon it
All the riches in the night
You say you'll give me
Eyes in a moon of blindness
A river in a time of dryness
A harbor in the tempest
But all the promises we make
From the cradle to the grave
When all I want is you
You say you want
Your love to work out right
To last with me through the night
You say you want
Diamonds on a ring of gold
Your story to remain untold
Your love not to grow cold
All the promises we break
From the cradle to the grave
When all I want is you
You all I want is
You all I want is
You all I want is
You

Blá blá blá



sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Filmes: Suicide Squad

Filme visto com a Amorinha, a pedido [insistente] dela. E eu não me importo nadinha e até confesso que gostei do filme.







Vamos por partes... Foi assim que vimos o filme, em 4 partes. Começamos na 2.ª feira à noite e acabámos ontem [porque isto entre actividades quase diárias e a chegar a casa tarde torna-se impossível ver um filme com mais de 1h30, a tempo de ir para a cama cedo]


Esquadrão Suicida (no original, Suicide Squad) é um filme de anti heróis e que conta com a participação de Will Smith, Margot Robbie, Jared Leto, Joel Kinnaman, Viola Davis, Cara Delevingne, Scott Eastwood, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Karen Fukuhara e Jay Hernandez.


Logo após a morte do SupermanAmanda Waller cria a Força Tarefa X com os piores vilões do Universo DC, com o objetivo de cumprirem missões que dizem serem suicidas. Ela propõe como membros a ex-psiquiatra Harleen Quinn conhecida como Arlequina, Floyd Lawton - o assassino PistoleiroEl DiabloCapitão Bomerangue, Amarra e Crocodilo

Floyd Lawton / Deadshot (Will Smith)


Harley Quinn (Margot Robbie)



Joker (Jared Leto)
Amanda Waller (Viola Davis)
Rick Flag (Joel Kinnaman)

Digger Harkness / Capitão Bomerangue (Jai Courtney)

Tatsu Yamashiro / Katana (Karen Fukuhara)

June Moone / Magia (Cara Delevingne)
Waylon Jones / Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje)
Chato Santana / El Diablo (Jay Hernandez)
Christopher Weiss / Amarra (Adam Beach)












Do dia de ontem [13 de Outubro]

Ontem estive a ler um artigo no blog mum's the boss, que não podia ter vindo mais a propósito. 
Como sobreviver à pré-adolescência [entre os 9 e os 12 anos], os chamados Tweenies. 

[O termo deriva da palavra inglesa between. É tweenie quem já não é criança mas ainda não é adolescente. É tweenie quem está nessa confusa terra de ninguém, um campo minado de estímulos alimentado a música e a Internet]

Revejo-me em tudo o que li:

Este é o ano da mudança. O ano em que ela vai da primária para a escola dos grandes. Não consegues adiar mais o telemóvel e ela recebe-o durante as férias de verão e sente-se crescida, feliz... maior!
De repente percebes que deixou mesmo de ser menina e que, a partir de agora, a coisa fica séria. Chamam-lhe pré-adolescência mas também lhe poderiam chamar o início da emancipação e do criar asas para voar.
No final da primeira semana de aulas parece que tudo ficou com defeitos. É o telemóvel que não é como os dos amigos, são as roupas que não são adequadas à escola. Descobres que puxa as t.shirts de lado para mostrar os ombros, que rebola os olhos demasiadas vezes e que o teu QI, que nunca te tinha deixado ficar mal parece ser, aos olhos da tua filha, mais baixo que o dela próprio.
Percebes então que estás a perder terreno. Deixas de ser a mãe (sempre) cool para ser a mãe. Percebes agora que aquilo que já sabias começa a tornar-se verdade e que, mais cedo ou mais tarde, deixarás mesmo de ser a última Coca-Cola do deserto e que os amigos é que vão ser os maiores. E percebes que não é isso que queres nem é assim que tem de ser. E fazes bem porque, embora eles estejam a crescer e a criarem os seus próprios laços sociais, a verdade é que tu tens de te manter por perto porque és tu que a orientas, és tu que modelas comportamentos e, da última vez que verificaste, era o teu nome que aparecia na filiação do seu cartão de cidadão.
Pronto, entre alguns reviranços de olhos, e respostas tortas, e de discussões e de gritos, já me fui apercebendo que não foi só a mim que me calhou isto na rifa, e até os pais [aparentemente] mais calmos se queixam dos filhos [alegadamente] mais sossegados.
Vamos ver como vou (sobre)vivendo com esta fase, que de dia para dia só piora e só deve passar lá para os 30 anos da Amorinha :)

Este artigo foi mesmo o que mais me marcou no dia de ontem e afigura-se que será a minha bíblia nos próximos tempos.

Sabias que...


Uma música por dia...

Em vez do original da Adele, a versão dos Linkin Park

Linkin Park - Rollin in the deep


There's a fire starting in my heart
Reaching a fever pitch and it's bring me out the dark
Finally I see you crystal clear
Go ahead and sell me out, I'll lay your ship bare
See how I'll leave, with every piece of you
Don't underestimate the things that I will do
There's a fire starting in my heart
Reaching a fever pitch and it's bring me out the dark
The scars of your love remind me of us
They keep me thinking that we almost had it all
The scars of your love, they leave me breathless
I can't help feeling
We could have had it all
Rollin' in the deep
You had my heart inside of your hand
But you played it to the beat
Baby, I have no story to be told
But I've heard one of you and I'm gonna make your head burn
See me in the depths of your despair
Making a home down there
'Cause reminds you of the home we shared
The scars of your love remind me of us
They keep me thinking that we almost had it all
The scars of your love, they leave me breathless
I can't help feeling
We could have had it all
Rollin' in the deep
You had my heart inside of your hand
But you played it to the beat
We could have had it all
Rollin' in the deep
You had my heart inside of your hand
But you played it with the beat
Throw your soul through every open door
Count your blessings to find what you look for
Turn my sorrow into treasured gold
Pay me back in kind and reap just what you sow
You gonna wish you
Never had met me
Tears are gonna fall
Rollin' in the deep
You gonna wish you
You could have had it all
You could have had it all
Rollin' in the deep
You had my heart inside of your hand
But you played, you played
You played, you played to the beat

Blá blá blá


Séries: Quantico [season 2]

[agora que já terminei algumas séries, já posso começar a ver novas] ontem foi o dia de começar a ver a 2.ª season de Quantico.


Gostei. Do FBI para a CIA, e a acção começou logo em grande no 1.º episódio que terminou com um grande "WTF" [meu].
Só espero que daqui a meia dúzia de episódios não comecem a enrolar como aconteceu com a 1.ª série.


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Do dia de ontem [12 de Outubro]

Ora, o que marcou o dia...

a) Ir buscar as lentes novas à optica e ter de lidar com o meu medo de ir perdendo a visão [conforme referi a algumas amigas, entro em pavor de cada vez que vou ao oftalmologista. Muito mais do que ir à dentista ou à ginecologista. Não é medo de dor ou desconforto, mas apenas psicológico! Não sei explicar muito bem o que sinto, mas é mesmo isso, é ter medo de ver cada vez menos!]

b) Reunião na escola da Amora, de representantes dos encarregados de educação. Só mães e uma coordenadora. E depois como somos sempre as mesmas, já nos conhecemos, já passamos por festas de natal, carnaval, fim de ano, marchas populares, etc, a páginas tantas aquilo já parecia uma conversa de mesa de café com amigas de longa data! Duas horas de "reunião" ao fim do dia é dose... Mas faz parte do papel!

Sabias que...


Uma música por dia...

Pink - Please Don't Leave me


I don't know if I can yell any louder
How many times have I kicked you outta here?
Or said something insulting?
I can be so mean when I wanna be
I am capable of really anything
I can cut you into pieces when my heart is broken
Please don't leave me, please don't leave me
I always say how I don't need you
But it's always gonna come right back to this
Please don't leave me
How did I become so obnoxious?
What is it with you that makes me act like this?
I've never been this nasty
Can't you tell that this is all just a contest?
The one that wins will be the one that hits the hardest
But baby, I don't mean it, I mean it, I promise
Please don't leave me, please don't leave me, don't leave me
I always say how I don't need you
But it's always gonna come right back to this
Please don't leave me
I forgot to say out loud
How beautiful you really are to me
I can't be without
You're my perfect little punching bag
And I need you, I'm sorry
Please, please don't leave me, baby, please don't leave me
No, don't leave me, please don't leave me
I always say I don't need you
But it's always gonna come right back to this
Please don't leave me, please don't leave me
I always say how I don't need you
But it's always gonna come right back to this
Please don't leave me, baby, please, please don't leave me

Blá blá blá


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Sabias que...


Do dia de ontem [11 de Outubro]

Como fiz questão de referir na segunda feira passada, ontem foi feriado aqui nesta terra de Portugal.
O que fiz? 
Sinto que não fiz nada a não ser andar de um lado para o outro e a fazer de motorista.
De manhã [boa, acordei, ou melhor, levantei-me 40 minutos mais tarde - o despertador insistiu em tocar à mesma hora de sempre]; levar a Amorinha à escola [que foi muito bom, porque nunca a levo e cada vez é mais difícil]; regressar a casa [arrumar o quarto e tomar banho e estava na hora de voltar a sair de casa]; ir à escola buscá-la para ir almoçar com uma amiga [loucura total das duas à porta da escola]; regressar a casa; sair 40 minutos depois para ir à consulta do oftalmologista [onde demorei 1 hora]; voltar a casa e tornar a sair para ir buscar a miss à escola para a ir levar ao treino de voley onde fiquei 1h30 [parte do tempo sentada no chão a ler, e outra parte na conversa com as outras mães que já vou conhecendo e com quem vou falando] e sair de lá já de noite, ainda passar em casa de uma amiga da Amora, para lhe levar um papel a pedido do professor e finalmente regressar a casa para DESCANSAR.
Sinto que não fiz nada ou que até fiz muito e que fiquei cansada sem aproveitar o meu dia de descanso.
No entanto quando me deitei e finamente comecei a descansar, percebi que dediquei o meu dia [com as minhas idas e vindas]  à pessoa mais importante para mim. Se ela deu valor ou se se apercebeu, acho que não. Mas não foi por isso que o fiz. Fiz porque acho que o tenho de fazer, fiz porque quis, fiz porque não fazia outro sentido. E com isto tenho a certeza que deixei de ser uma pessoa tão egoista como já fui em tempos.
Afinal foi um dia produtivo e em grande!

Uma música por dia...

Depeche Mode - Enjoy the silence


Words like violence
Break the silence
Come crashing in
Into my little world
Painful to me
Pierce right through me
Can't you understand?
Oh my little girl
All I ever wanted
All I ever needed
Is here in my arms
Words are very unnecessary
They can only do harm
Vows are spoken
To be broken
Feelings are intense
Words are trivial
Pleasures remain
So does the pain
Words are meaningless
And forgettable
All I ever wanted
All I ever needed
Is here in my arms
Words are very unnecessary
They can only do harm
All I ever wanted
All I ever needed
Is here in my arms
Words are very unnecessary
They can only do harm
All I ever wanted
All I ever needed
Is here in my arms
Words are very unnecessary
They can only do harm
Enjoy the silence

Blá blá blá

Feel the rain :)


Séries: Game of Silence


Ontem comecei a ver esta minisérie de 10 episódios e fiquei logo "presa", tanto que vi 3 episódios seguidos!


Ao ler sobre a história  por trás da série descobri que a americana é baseada numa série Turca de 2012, Suskunlarbaseado na história verdadeira de crianças que foram condenados à revelia a nove anos de prisão sob a acusação de roubar um carro baklava em Gaziantep, 1997


A mim fez-me lembrar um filme Sleepers [muito muito bom, com actores 5 estrelas]


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Do dia de ontem {10 de Outubro]

Dia normalissimo e igual a tantos outros em que nada de especial aconteceu!
E isso é bom!
Às vezes as rotinas cansam muito, mas é bom que tudo se mantenha na mesma e seja tudo calmo.
Eu e a Amora estamos bem e isso é que importa!

Sabias que...


Uma música por dia...

The Smiths - There is a light



Take me out tonight
Where there's music and there's people
And they're young and alive
Driving in your car
I never never want to go home
Because I haven't got one
Anymore
Take me out tonight
Because I want to see people and I
Want to see life
Driving in your car
Oh, please don't drop me home
Because it's not my home, it's their
Home, and I'm welcome no more
And if a double-decker bus
Crashes into us
To die by your side
Is such a heavenly way to die
And if a ten-ton truck
Kills the both of us
To die by your side
Well, the pleasure - the privilege is mine
Take me out tonight
Take me anywhere, I don't care
I don't care, I don't care
And in the darkened underpass
I thought oh God, my chance has come at last
(But then a strange fear gripped me and I
Just couldn't ask)
Take me out tonight
Oh, take me anywhere, I don't care
I don't care, I don't care
Driving in your car
I never never want to go home
Because I haven't got one, da
Oh, I haven't got one
And if a double-decker bus
Crashes into us
To die by your side
Is such a heavenly way to die
And if a ten-ton truck
Kills the both of us
To die by your side
Well, the pleasure - the privilege is mine
Oh, there is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out

Blá blá blá


Séries: The Catch

Pois claro, mais uma terminada


Gostei de a ver [Mireille Enos] num registo completamente diferente do The Killing. Se bem que por vezes me parece muito forçada e pouco à vontade.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

E amanhã é feriado...

... em São João da Madeira


Uma música por dia...

Lamb - Gabriel


I can fly
But I want his wings
I can shine even in the darkness
But I crave the light that he brings
Revel in the songs that he sings
My angel Gabriel

I can love
But I need his heart
I am strong even on my own
But from him I never want to part
He's been there since the very start
My angel Gabriel
My angel Gabriel

Bless the day he came to be
Angel's wings carried him to me
Heavenly

I can fly
But I want his wings
I can shine even in the darkness
But I crave the light that he brings
Revel in the songs that he sings
My angel Gabriel
My angel Gabriel
My angel Gabriel

My angel Gabriel
My angel Gabriel
My angel Gabriel
My angel, my angel, my angel
Gabriel, Gabriel

Do fim de semana

Isto de ser mãe, tem muito que se lhe diga.
E quando as idas e vindas e a agenda social e desportiva da Amorinha resumem o meu fim de semana está tudo dito!

Entre voley e karaté [na sexta a experimentar o estilo goju-ryo, no domingo de regresso aos treinos de shito-ryu] e mais um trabalho de grupo [e brincadeira] com mais dois amiguinhos da escola... e passou-se o meu fim de semana






Sabias que...


Séries: MacGyver 2016

Esta era uma das séries míticas da minha infância. 
Quem não se lembra da bomba feita com clips e pastilha elástica? Um mundo à parte




Agora em 2016 surge o remake da série. Ontem vi o 1.º episódio.
Não achei grande piada ao rapazito que faz de Angus MacGyver, um tal de Lucas Till.
Gostava bem mais do Richard Dean Anderson





Quanto à série, ainda não tenho opinião formada, mas não a vou por já de lado...





Blá blá blá


domingo, 9 de outubro de 2016

Séries: The Blacklist

E como ando neste frenesim em terminar séries atrás de séries, e os fins de semana são bons para isso (entre outras coisas), mais uma terminada. The Blaclist


Séries : Jane the virgin

Mais uma para a lista das séries terminadas, Jane the Virgin


Blá blá blá


Uma música por dia...

Esta música faz-me lembrar os tempos da secundária :)

Ugly Kid Joe - Everything About you


I hate the rain and sunny weather
And I hate beach and mountains too
(And) I don't like a thing about the city, no, no
And I, I, I, hate the countryside too!
And I, hate everything about you!
...Everything about you!
And I don't like a thing about your mother
And I, I hate your daddy's guts too
And I don't like a thing about your sister, no, no
'Cause I, I, I think sex is overrated too
And I get sick when I'm around, I can't stand to be around
I hate everything about you!
Everything about you, everything about you, everything about you!
Some say I've got a bad attitude
But that don't change the way I feel about you
And if you think this might be bringing me down
Look again 'cause I ain't wearing no frown!
Well, I don't really care about your sister
Forget the little bitch, 'cause I already kissed her
One thing that I did to your lady
I put her on the bed and she didn't say maybe
I know you know everybody knows
The way it comes, the way it's gonna go
You think it's sad
Well that's too bad
'Cause I'm havin'
A ball hatin'
Every little thing about you! ha-ha!
Everything about you, everything about
I get sick when I'm around
I can't stand to be around
I hate everything about...
YOU!

Sabias que...