sábado, 22 de outubro de 2016

Filmes: The Prestige [2006]

Filme de 2006 com Christian Bale, Hugh Jackman e Scarlett Johansson, que conta a história de dois mágicos rivais em Londres no final do séc, XIX, obcecados em criar o melhor truque de ilusão, iniciam uma competição com trágicos resultados.



Blá blá blá


Uma música por dia...

ADORO ADORO ADORO

4 non blondes - What' sup


Twenty-five years and my life is still
Trying to get up that great big hill of hope
For a destination
I realized quickly when I knew I should
That the world was made up of this brotherhood of man
For whatever that means
And so I cry sometimes
When I'm lying in bed just to get it all out
What's in my head
And I, I am feeling a little peculiar
And so I wake in the morning
And I step outside
And I take a deep breath and I get real high
And I scream from the top of my lungs
What's going on?
And I say, hey yeah yeah, hey yeah yeah
I said hey, what's going on?
And I say, hey yeah yeah, hey yeah yeah
I said hey, what's going on?
Oh, oh oh
Oh, oh oh
And I try, oh my god do I try
I try all the time, in this institution
And I pray, oh my god do I pray
I pray every single day
For a revolution.
And so I cry sometimes
When I'm lying bed
Just to get it all out
What's in my head
And I, I am feeling a little peculiar
And so I wake in the morning
And I step outside
And I take a deep breath and I get real high
And I scream from the top of my lungs
What's going on?
And I say, hey hey hey hey
I said hey, what's going on?
And I say, hey hey hey hey
I said hey, what's going on?
And I say, hey hey hey hey
I said hey, what's going on?
And I say, hey hey hey hey
I said hey, what's going on?
Oh, oh oh oh
Twenty-five years and my life is still
Trying to get up that great big hill of hope
For a destination

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

workout


[entre parênteses]

[Hoje não me apetecia nada levar a Amora ao karaté. Queria ir para casa deitar-me e dormir até amanhã de manhã].

Blá blá blá


Séries: Chicago Med [Season 2]

A começar :)




Uma música por dia...

Isto faz-me lembrar o meu ano de caloira, Bons velhos tempos!!!


Green Day . Basket Case


Do you have the time to listen to me whine
About nothing and everything all at once
I am one of those
Melodramatic fools
Neurotic to the bone
No doubt about it
Sometimes I give myself the creeps
Sometimes my mind plays tricks on me
It all keeps adding up
I think I'm cracking up
Am I just paranoid?
Or am I just stoned
I went to a shrink
To analyze my dreams
She says it's lack of sex that's bringing me down
I went to a whore
He said my life's a bore
So quit my whining cause it's bringing her down
Sometimes I give myself the creeps
Sometimes my mind plays tricks on me
It all keeps adding up
I think I'm cracking up
Am I just paranoid?
A ya-ya-ya
Grasping to control
So I better hold on
Sometimes I give myself the creeps
Sometimes my mind plays tricks on me
It all keeps adding up
I think I'm cracking up
Am I just paranoid?
Or am I just stoned?

Do dia de ontem [20 de Outubro]

Ontem foi 5.ª feira e 5.ªs feiras são dias de ir ao lidl, invariavelmente [ver as promoções].
Ontem foi dia de comprar uma balança [nova] digital. [Balança de casa de banho!!!]
Ontem foi dia de comprar [muitas] doçuras para o haloween.
E ontem foi dia de não ginasticar [hoje sim doem-me as perninhas]

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Workout


Do dia de ontem [19 de Outubro]

O dia em que [ao fim de 4 anos] a Amora partiu pela 1.ª vez os óculos. Isto depois de os ter mudado há duas semanas...
E eu que gabei e elogiei que nunca tinha estragado nem partido nem arranhado. É preciso ter azar.
É o que eu digo não se pode lançar para o universo... as bruxas têm ouvidos como as paredes!

Ontem também foi o dia do trânsito. Apanhei 1 hora de fila entre a A44 e a ponte da Arrábida e já bufafa por todo o lado!Pff. Não gosto mesmo de trânsito.

O exercício [apesar de ainda pouco] continua. Ainda não desisti, nem esmoreci. E até já aumentei ligeiramente [os lunges, os hip raises e as leg raises. não muito mas já qualquer coisa!]
Fisicamente sinto-me bem, sem qualquer dor nas pernas ou zona abdominal [mas também quem é que tem dores a fazer 15 abdominais diários?]

[entre parênteses]

[sou mesmo muito tímida, apesar de parecer o contrário, eu sei!]

Uma música por dia...

[ouvi esta música hoje e claro que a reconheço e sei parte da letra, mas não fazia ideia nenhuma de quem a cantava (nem nunca ouvi falar, é possível?) e tive de puxar do Shazam]


And to love: a god
And to fear: a flame
And to burn a crowd that has a name
And to right or wrong
And to meek or strong
It is known; just scream it from the wall
I've willed, I've walked, I've read
I've talked, I know, I know,
I've been here before, yeah
Now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that
Hey, now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that…
It's the sun that burns
It's the wheel that turns
It's the way we sing that makes 'em dream
And to Christ: a cross
And to me: a chair
I will sit and earn the ransom from up here
I've willed, I've walked, I've read
I've talked, I know, I know,
I've been here before, yeah
Now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that
Hey, now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that…
Scarred like that…
And to love: a god
And to fear: a flame
And to burn: a love that has a name
I've willed, I've walked, I've read
I've talked, I know, I know,
I've been here before, yeah
Now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that
Hey, now we won't be raped
Hey, now we won't be scarred like that…
Hey, hey, now, now, now…
We won’t be scarred like that…
We won’t be scarred like that…

Blá blá blá


Séries: Elementary [season 4]

Mais uma maratona para terminar o elementary. Venha a próxima ronda! Gosto desta dupla!

Sherlock & Holmes



quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Workout

E por hoje já está :)


Uma música por dia...


She's got a smile it seems to me
Reminds me of childhood memories
Where everything
Was as fresh as the bright blue sky
Now and then when I see her face
She takes me away to that special place
And if I'd stare too long
I'd probably break down and cry
Oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine
She's got eyes of the bluest skies
As if they thought of rain
I hate to look into those eyes
And see an ounce of pain
Her hair reminds me of a warm safe place
Where as a child I'd hide
And pray for the thunder
And the rain
To quietly pass me by
Oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh,
Sweet love of mine
Where do we go?
Where do we go now?
Where do we go?
Oh, oh
Where do we go?
Oh,
Where do we go now?
Where do we go?
Oh, (sweet child)
Where do we go now?
Oh,
Where do we go now?
Oh,
Where do we go?
Oh,
Where do we go now?
Oh,
Where do we go?
Where do we go now?
Where do we go?
Oh,
Where do we go now?
No, no, no, no, no, no
Sweet child,
Sweet child of mine

Do dia de ontem [18 de Outubro]

Ontem fez 2 anos que o meu avô [o último dos 4] partiu.
Ontem foi um dia [mais] triste.

Blá blá blá


Séries: Orphan Black [season 4]

A começar a temporada 4. E eu simplesmente adoro esta série! Completamente diferente de tudo. E em cada temporada personagens novas...

Orphan Black é uma série de televisão canadense de ficção científica, criada por Graeme Manson e John Fawcett, estrelada por Tatiana Maslany como várias pessoas idênticas que são clones
A série centra-se em Sarah Manning, uma mulher que assume a identidade de outro clone, Elizabeth Childs, depois de testemunhar o suicídio da mesma. A série levanta questões sobre as implicações morais e éticas da clonagem humana e seus efeitos sobre questões de identidade pessoal. 

Personagens / Clones

Sarah Manning

Beth Childs

Alison Hendrix

Cosima Niehaus

Helena

Rachel Duncan

Krystal Goderitch

Tony Sawicki

Katja Obinger

M.K.

Jennifer Fitzsimmons

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Workout

Ora bem, já está :) [ainda estou com o coração aos saltos]


Uma música por dia...

ADORO, As figurinhas que já fiz [e continuo a fazer] quando ouço esta musica no carro...


I got my head checked
By a jumbo jet
It wasn't easy
But nothing is
No
Woo-hoo
When I feel heavy-metal
And I'm pins and I'm needles
Well, I lie and I'm easy
All the time but I'm never sure
Why I need you
Pleased to meet you
I got my head down
When I was young
It's not my problem
It's not my problem
Woo-hoo
When I feel heavy-metal
And I'm pins and I'm needles
Well, I lie and I'm easy
All the time but I am never sure
Why I need you
Pleased to meet you
Yeah yeah
Yeah yeah
Yeah yeah
Oh yeah

Do dia de ontem [17 de Outubro]

O dia de ontem correu normal, nem bem nem mal, igual a tantos outros.
Não foi dia de actividades, por isso consegui descansar e relaxar um pouco mais.

A única coisa que posso realmente referir foi que ontem tomei consciência verdadeiramente de que preciso de perder peso URGENTEMENTE [ok, não foi ontem que tomei consciência, mas sim ontem que levantei o rabinho para começar a fazer os exercícios propostos! Mais uma vez, vamos ver quantos dias aguento].
Entre roupa que não passa nas coxas e nos braços nem no peito ou que aperta na zona abdominal [onde andam abdominais????], e eu começar a não gostar de me ver ao espelho arranjei motivação para começar ontem.

Não fiz grande coisa [ou então fiz para quem não fazia nada há muito tempo], mas prefiro começar por algo realista do que começar já a matar, para hoje ou amanhã não fazer nada. Assim em vez de começar já a aumentar diariamente, acho que prefiro fazer uma semana com os mesmos exercícios [em número e género] para o corpo se ir habituando e começar a pedir mais [assim espero].

Resultado: hoje ainda não me doí grande coisa. Sinto as pernas a queixarem-se moderadamente, mas nada de muito grave!

Nota: Ao post com os exercícios intitulei-o de "workout", estive mesmo tentada a chamá-lo de "operação bikini 2017", ou "40 anos-faltam 4 meses"

Blá blá blá


Séries: The Blacklist [season 4]

Isto de começar a ver seasons novas de séries que acabei na semana passada é fixe, porque como não houve paragem de 3 meses [para mim] lembro-me de tudo como se tivesse sido ontem. Eh eh eh


[entre parênteses]

[Ser mãe torna-me uma pessoa melhor]
Hoje de manhã reclamei com a Amorinha porque ela não se tinha despachado e estava a demorar-se a vestir, a calçar, a pentear, estava no mundo da lua a ler [sim, logo pela manhã], e eu atrasada!
E claro, como já saimos de casa mais tarde [mais precisamente 7 minutos], já a deixei mais tarde nos avós, e nem me acreditava na confusão mal virei para a A28/via rápida.
Eu às 8h00 costumo já estar a sair da VCI em direcção à A44, e hoje estava presa em fila pára-arranca, num trânsito infernal logo pela manhã [com vontade de arrancar cabelos e logo com um mau humor épico].
Só pensava, como foi possível este atraso, se ontem até já tinha deixado a roupa das duas já pronta, a mochila da escola e o saco do equipamento do vólei arrumado à porta...
Não sei se foi do limpa pára brisas sempre a dar a dar de um lado para o outro, mas tive um clique: A culpa do atraso foi toda minha. Hoje que foi dia de lavar cabelo de manhã, deveria ter saido da cama, 10 m mais cedo do que realmente aconteceu :(
Senti mesmo remorsos do raspanete que lhe dei logo pela manhã. A criança não teve culpa nenhuma.

Tenho a certeza que há uns tempos atrás não teria dado o braço a torcer e ficaria por isto mesmo.
Mas não. Liguei-lhe durante o caminho para lhe pedir desculpa e assumir o meu erro.
E fiquei de consciência tranquila e o resto da viagem correu melhor. Mesmo tendo chegado quase em cima da hora!

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Workout

Vamos lá ver se é desta que eu atino. Este já está


Filmes : Forsaken

Este foi o filme escolhido para o nosso domingo à tarde, Forsaken, com o Kiefer e o Donald Sutherland [gosto muito tanto do filho como do pai]
Para mim torna-se sempre difícil não associar o Kiefer ao Jack Bauer de 24.



Séries: Ballers [season 2]

Foi mesmo uma maratona de 6 episódios ontem para acabarmos de ver a série [esta foi vista a dois].


uma música por dia...


I see a red door and I want it painted black
No colors anymore, I want them to turn black
I see the girls walk by dressed in their summer clothes
I have to turn my head until my darkness goes
I see a line of cars and they're all painted black
With flowers and my love, both never to come back
I see people turn their heads and quickly look away
Like a new born baby it just happens every day
I look inside myself and see my heart is black
I see my red door, I must have it painted black
Maybe then I'll fade away and not have to face the facts
It's not easy facing up when your whole world is black
No more will my green sea go turn a deeper blue
I could not foresee this thing happening to you
If I look hard enough into the setting sun
My love will laugh with me before the morning comes
I see a red door and I want it painted black
No colors anymore I want them to turn black
I see the girls walk by dressed in their summer clothes
I have to turn my head until my darkness goes
I want to see it painted, painted black
Black as night, black as coal
I want to see the sun blotted out from the sky
I want to see it painted, painted, painted, painted black, yeah

Sabias que...


Do fim de semana - Parte 3

Ontem [domingo 16 de Outubro] foi o dia escolhido para irmos a Serralves à exposição de Joan Miró.


As obras de Joan Miró, propriedade do Estado Português, são mostradas ao público pela primeira vez na Casa de Serralves. Esta exposição, designada ‘Joan Miró: Materialidade e Metamorfose’, é comissariada por Robert Lubar Messeri, destacado especialista mundial na obra de Miró, e tem projeto expositivo de Álvaro Siza Vieira. 
A mostra abarca um período de seis décadas da carreira de Joan Miró, de 1924 a 1981. Debruçando-se de forma particular sobre a transformação das linguagens pictóricas que o artista catalão começou a desenvolver em meados dos anos 1920, aborda as suas metamorfoses artísticas nos campos do desenho, pintura, colagem e trabalhos em tapeçaria.
O pensamento visual de Miró, o modo como trabalha com sensações que variam entre o táctil e o ótico e os processos de elaboração das suas obras são observados em detalhe. 
A exposição incluirá cerca de 80 obras de Joan Miró (do conjunto das 85 obras da Coleção) na sua maioria desconhecidas do público, incluindo seis das suas pinturas sobre masonite de 1936 e também seis sobreteixims de 1973.
[retirado da página da Fundação de Serralves

Gostei, apesar de as pinturas não serem aquilo que eu [pouco] conhecia de Miró.
Associo Miró ao azul, vermelho, amarelo e preto, e apenas um dos quadros na entrada correspondia ao meu imaginário.
Para mim Miró era isto:





 Fica aqui uma amostra do que vimos ontem

































O bilhete foi 11 Euros, o que não foi um preço exorbitante. A exposição vai estar na Casa de Serralves até ao dia 28 de Janeiro de 2017 [a partir dessa data a Casa vai entrar em obras de remodelação, para acolher de forma permanente a exposição de Miró]